segunda-feira, 18 de maio de 2009

Intercâmbio é destaque no Informativo Seppir





Plano de Ação Brasil-EUA contra o Racismo tem rodada de debates em Washington



Reunidos na sede do Departamento de Estado dos EUA, representantes dos governos, do setor privado e da sociedade civil brasileira e norte-americana realizaram na última quarta e quinta-feira (28 e 29/04) uma nova rodada de debates do Plano Brasil-Estados Unidos de Combate ao Racismo e à Discriminação Racial.

O Plano de Ação, assinado em março do ano passado pelo ministro da Igualdade Racial, Edson Santos, e pela então secretária de Estado dos EUA, Condoleezza Rice, tem o objetivo de estimular a colaboração para eliminar a discriminação étnica e racial e promover a equidade de oportunidades em ambos os países. Entre os eixos de cooperação estão: preservação da memória, trabalho e renda, habitação, e acesso à justiça e ao crédito, com foco na educação.

As atividades tiveram início com apresentações do ministro Edson Santos, do embaixador brasileiro em Washington, Antonio Patriota, e do secretário assistente para o Hemisfério Ocidental dos EUA, Thomas Shannon. Além do grupo de trabalho formado pelo tripé governo-empresariado-sociedade civil, estavam presentes à abertura congressistas americanos, e estudantes negros da Bahia e do Rio de Janeiro que participam nos Estados Unidos do programa de intercâmbio LEVANTAMOS – iniciativa integrante do Plano, com ênfase em relações empresariais.

Na sequencia foram realizados painéis sobre Preservação da Memória da Diáspora Africana, Comunicação, Acesso à Justiça, Educação Multicultural e Responsabilidade Social do Setor Produtivo. Após dois dias de discussão e a apresentação de diversas propostas, a reunião do Plano de Ação foi encerrada por encontros setoriais entre os representantes de governo e da sociedade civil. No encontro governamental a SEPPIR cobrou do Departamento de Estado dos EUA um posicionamento quanto ao projeto de sensibilização de policiais sobre questões étnicas. A iniciativa, idealizada no âmbito do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci), do Ministério da Justiça, está pronta e definida pelo lado brasileiro.

Foi definido ainda que Salvador (BA), a capital brasileira com o maior percentual de população negra, será a sede da próxima rodada de debates do Plano de Ação, programada para acontecer em outubro deste ano.

Foto 1: O ministro cumprimenta o secretário assistente para o Hemisfério Ocidental dos EUA, Thomas Shannon.
Foto2: O ministro Edson Santos cercado por estudantes brasileiros que participam de programa de intercâmbio nos Estados Unidos.

Texto publicado no Destaque SEPPIR. Endereço http://www.planalto.gov.br/seppir/informativos/185.htm

Leia mais sobre os painéis temáticos:
http://www.planalto.gov.br/seppir/informativos/html/html1.htm

terça-feira, 5 de maio de 2009

Ações sociais em San Francisco


No último dia em San Francisco (segunda-feira, 04), os jovens empreendedores brasileiros conheceram o trabalho da BayCat, organização social que atua na formação de jovens na área da comunicação e tecnologia e o Centro de Direitos Humanos Ella Baker, localizado em Oakland, que desenvolve campanhas de disseminação dos direitos dos cidadãos e pela preservação ambiental.

Através de produtos de comunicação, protestos e cobrança aos parlamentares, a Ella Baker tem obtido avanços significativos na melhoria do sistema prisional para jovens em conflito com a lei e no despertar das empresas para a utilização responsável e sustentável dos recursos ambientais (trabalhos verdes).

No moderno escritório da BayCat, os jovens puderam conferir as produções dos alunos que passaram por oficinas de designer gráfico, produção, filmagem e edição de vídeos. São diversos vídeos e animações que buscam a excelencia na qualidade e a representação da história das comunidades dos realizadores. A organização atende jovens de bairros carentes de San Francisco.
André Santana

sábado, 2 de maio de 2009

Best Game: Vivência de Negócios no Hotel Hilton_Califórnia (EUA)

No Hilton, os jovens empreendedores participaram, neste sábado, 03, do Best Game, com enfase em marketing. É a terceira fase na vivência no mundo dos negócios. O resultado foi positivo, com todas as empresas registrando lucros. Os jovens mostraram terem registrados os aprendizados das fases anteriores.

Neste domingo, 04, eles continua a formação no Hilton, desta fez com Tara Sabre. O tema é Plano de Negócios. Assim, os empreendedores terão um final de semana de formação em negócios.

Pela ordem: Bruno, Rôse, Jôse, Jorge, Georgeton, Priscila, Luciane, Samadá, Elisa, Claudia, Edelita, Cleide, Maiara, Priscila, Carol, Patrícia e Noam. Depois vem os facilitadores e os jovens novamente.

video

Facilitadores do Best Game n.º 03

Equipe de facilitadores do Best Game n.º 03. Tranquilidade e experiência para controlar os ânimos dos jovens participantes.
Pela ordem: Regina, Patrícia, Mara, Jack, Ilka, Sílvia, Alisson e Deise. E a bandeira do Brasil.


video

EQUIPE LEVANTAMOS

Durente o Best Game 03, a equipe da Levantamos observa a atuação dos jovens empreendedores.
Pela ordem: Marcio, Edvan, Sabre e Kelle. E Sabre novamente.


video

San Francisco Giants x Colorado Rockies






















Os jovens foram nesta sexta-feira, 1º, ao estádio AT&T Park conferir uma disputa de beisebol entre o San Francisco Giants e o Colorado Rockies. Mesmo com a chuva, os torcedores compareceram com animação que lembrava os jogos da Fonte Nova ou do Maracanã. A torcida maior era do time da cidade, os Giants, com suas camisas e bandeiras laranjas. Foi difícil, mas interessante, entender as regras e movimentações no campo. Como no futebol brasileiro, a maioria dos jogadores eram negros.


No estádio, os empreendedores foram recebidos por Marc Spencer, diretor executivo da Juma Ventures, organização social que atua no recrutamento e capacitação de jovens para o mercado de trabalho. Anualmente, a organização atende 250 jovens, com idades entre 16 e 19 anos, em situação econômica desfavorável. Eles são inseridos em empresas sociais, como as localizadas no estádio AT&T Park. Os jovens são responsáveis pela venda de beer (cerveja) e corn dog (um cachorro-quente especial com pão de milho), entre outras delícias que não podem faltar em um estádio. Além de experiência profissional - para muitos a primeira -, os jovens são estimulados a desenvolverem o espírito empreendedor, pois gerenciam todo o negócio.

Essa iniciativa poderia ser aplicada no Brasil, em shows e jogos. Um bom espaço seria a Concha Acústica do Teatro Castro Alves, em Salvador. Lá, os freguentadores precisam subir diversas escadas e se aglomeraram em frente ao bar, em busca de bebidas e comidas. Os jovens poderiam atuar nesta venda circulante, melhorando a diversão do público e impactando positivamente nos índices de desemprego da juventude.

Uma boa proposta para os nosso gestores. O site da Juma Ventures é:
http://www.jumaventures.org/



André Luís Santana

sexta-feira, 1 de maio de 2009

San Francisco - Califórnia (EUA)




O Grupo de jovens empreendedores, agora ampliado com a chegada dos 8 cariocas, já está em São Francisco, no estado da California. A primeira visita, nesta sexta-feira, 1º, não poderia ser melhor. O Museu da Diáspora Africana, que registra os horrores sofridos pelos africanos sequestrados de seus países e espalhados pelo mundo, como mão de obra forçada. Estudiosos afirmam que passaram de 10 milhões de seres humanos. Outros dizem que, por conta do trafico ilegal, o numero pode ter chegado a 20 milhões de homens, mulheres e crianças brutalmente escravizadas. 60% desse total desembarcou no Brasil, em cidades como Salvador, Rio de Janeiro e São Luis do Maranhão.

Mas o Museu também revela a luta pela conquista da cidadania e de direitos. Há fotos do negros e negras norte-americanos que contribuiram para o movimento pelos direitos civis dos afrodescendentes. Essa luta culminou com eleição do presidente Barack Obama, o primeiro negro à frente de uma grande potência mundial.

Andre Luis Santana